FMI: "Não há risco de nova contração da economia mundial" ???

Eu não sei se vai haver uma nova contração do PIB mundial ou não, nem quero fazer nenhum tipo de previsão, mas alguém (mesmo um director do FMI) dizer que não só não vai haver contração como nem há risco de isso vir a acontecer já me parece "esticar a corda".

Hoje, o bloco dos países ocidentais está envolto em elevado desemprego, com dívidas públicas e privadas exorbitantes, bancos centrais mantêm juros quase a zero (pode levar o PIB a crescer no curto prazo porque se formam bolhas, o que é negativo para o crescimento no longo prazo) e as intervenções estatais nas economias continuam a impedir que os recursos vão para os fins mais produtivos. Já para não falar nas recentes quedas acentuadas das bolsas, que parecem querer repetir as quebras de 2008.

Nos países emergentes, a China parece estar a adoptar uma politica monetária mais restritiva, o que pode levar ao rebentar da bolha do imobiliário chinês (o que levará a uma diminuição do PIB no curto prazo, mas se o mercado for deixado resolver o problema livremente até pode ser bom no longo prazo), e segundo alguns economistas outros países, como por exemplo o Brasil, podem estar também a desenvolver bolhas no imobiliário.

Perante isto, não sei como se pode dizer que não há risco de uma nova contracção mundial.

No vídeo abaixo, ficam as previsões de outro grande especialista:

0 Comentários: