Um americano em fúria

O fim-de-semana, sendo mais de relax, deixo um vídeo de um americano, revoltado já há vários meses, com as políticas que o seu governo está a tomar. Como sabem, os americanos são a favor da liberdade, que lhes está a tentar ser tirada, por um governo cada mais de esquerda, nacionalizando o que quer (com o famoso argumento do emprego, argumento este já desmistificado em alguns artigos deste blog), ajudando as empresas cujos lobbies fazem pressão, deixando as outras, constituidas pela classe média ir ao buraco.

Tenho acompanhado este americano no youtube já há vários meses, tem inúmeros vídeos, que talvez vá colocando aqui. Mas coloco este, que já tem algum tempo, mas que sintetiza bem o sentimento americano, que tenho acompanhado em vários blogs, pelas políticas que são praticadas por lá. Talvez por isso, a taxa de aprovação de Obama, seja mais baixa que a do Bush, durante o mesmo tempo de mandato. É que por lá, os americanos entendem que, os privados é que têm de ter um peso maior que o estado. Caso contrário, o Estado entra em bancarrota, que é o que infelizmente, está a acontecer em Portugal, apesar de alguns organismos, tentarem atirar areia para os olhos, com os número do PIB, o que não nos dizem, é que vão alterando, magicamente, a maneira de o calcular...

Fica o vídeo. Um bom fim-de-semana.



1 Comentários:

André disse...

Vi agora um vídeo interessante de Celente, onde ele fala dos números fabricados pelo governo, para dar uma sensação de que tudo está bem. Mais uma vez, caso o mercado fosse realmente livre, não se cometeriam loucuras que se cometem pelos governos, como mais uma medida americana, de dar 250 dólares a cada pessoa, o que irá aumentar a dívida e consequentemente os impostos... sem nenhum efeito prático. (O único é produzir mais desemprego).

http://geraldcelentechannel.blogspot.com/2009/10/cost-of-living-and-inflation-government.html#