Obrigado governantes por tudo...



Como este blog tem falado, desde a sua criação, os governos estão a levar-nos à desgraça económica. Se por um lado temos os privados a construir capital, a tentar constituir poupança, desenvolver projectos e ideias, temos do outro os políticos e governantes que combatem os privados com mais impostos, regulações e obrigações. Se antes tinhamos um saldo positivo da parte dos privados que compensava a porcaria feita pelos políticos, agora a situação não se passa assim, pois como a nossa economia é baseada em um esquema Ponzi, suportada pelos privados, quando os privados ficam sobrecarregados pelos encargos e os gastos do governo aumentam de forma exponencial o esquema PONZI REBENTA.

E meus caros REBENTOU ou estará prestes a...

Vou colocar aqui uma frase, escrita e dita há algumas décadas, mas que se verifica na perfeição. Reflictam sobre a frase, estudem e não se deixem enganar pelos políticos sff.

‘There is no means of avoiding the final collapse of a boom brought about by credit expansion. The alternative is only whether the crisis should come sooner as a result of a voluntary abandonment of further credit expansion, or later as a final and total catastrophe of the currency system involved.’ – Ludwig von Mises

3 Comentários:

Sier disse...

Estamos a ser atentamente observados e decidiram ajustar contas com o nosso Pais. Esperemos que pare por aqui. Curioso é que a forma de castigo. Através dos Mercados financeiros e não pela UE. Esses tambem tem culpa de nada fazerem contra sucessivas politicas erradas, só para satisfazerem interesses corporativos e pessoais. E não atirem a culpa só ao PS. Grande parte dos decisores politicos deviam ser chamados à responsabilidade. Ups esqueci que estamos em Portugal....

AG disse...

Sier : Castigo??? Mas ter recessão de 4% num ano e crescer abaixo de 1% no outro, e teres défices de 9% sucessivamnete, quando já tens 85% do PIB endividado sem fazeres qualquer tipo de reforma ou cortes na despesa parece-te um bom sinal para um investidor de dívida pública?
Claro que o PS não é o único responsável, não fosse o Durão Barroso ter saltado o barco provavelmente estariamos diferentes. Recordo que no ano em que a Ferreira Leite foi ministra e controlou o défice abaixo dos 3% foi repreendida pelo então PR Sampaio que cunhou a celebre e fiscalmente responásvel frase "Há vida para além do défice". O mesmo senhor que ontem foi o único Conselheiro de Estado a não participar na reunião de 5 horas.
Quando PS foi para o Governo, o PM Guterres apanhou um país com apenas 8% do PIB endividado e 38% do PIB era gasto com o Estado; passado 13 anos estamos à beira da falência.

O que ainda muitos não entenderam é que este OE, mesmo tendo sido aprovado na AR; na realidade foi chumbado. Porque o país se colocou numa posição de endivdamento tal, que pouco importa se a AR aprova ou não o OE, quem tem que aprovar o OE é quem nos empresta dinheiro para poder continuar a viver. Sim, "continuar a viver", pois o orçamento rectificativo do final de 2009 foi para ir buscar 5 mil milhões de euros para não haver mais atrasos nos pagamentos da SNS e pagar pensões e outras responsabilidades da SS. Estamos a nos endividar para comer... despesa corrente!

O caso é verdadeiramente proecupante pois pode piorar facilmente. O OE2010 contempa 17% para pagar juros da divida pública. O leilão de 300 milhões de euros (que era suposto ter sido de 500 milhões) saiu com um custo de 50% superior ao da semana passada. Imagina num cenário não muito longe da têndencia actual, em que acabas o ano e descobriste que a desepesa com juros aumentou 50%... seria como dizer que 25% do OE2010! Ou seja, acabarias o ano com um défice de 16%!! Que é o mesmo que dizer que neste momento estamos à beira de morrer enterrados sobre a nossa divida, e mesmo que a situação não seja totalmente identica à da Grécia, isso não importa muito pois daqui a 1 ano estaria nesse ponto e os mercados funcionam por antecipação e qualquer investidor inteligente protege-se hoje dado que já sabe o que é provavel acontecer no futuro.

Midas disse...

AG muito bom comentário. Devia estar na primeira página :) Abraço.