Afinal havia outra...

Uma notícia que já era de esperar, e que mostra que as relações entre USA e China estão numa espécie de amor-ódio.

" Banco da China acusa Wall Street de miopia
Zhu Min, vice-presidente do Banco da China, disse numa entrevista que os banqueiros norte-americanos sofrem de "excesso de confiança" e estão "míopes" face à actual crise financeira.

As pessoas em Wall Street parecem achar que a crise nunca aconteceu", afirmou Zhu Min durante uma entrevista à Bloomberg. "Não é apenas excesso de confiança, é muita miopia", acrescentou.

As críticas de responsáveis chineses aos EUA não são uma novidade e intensificaram-se com o agravar da crise financeira.

Em Março, o primeiro ministro Wen Jibao disse estar "preocupado" com os investimentos do país em obrigações norte-americanas, exigindo garantias de que os títulos eram seguros.

Agora, cinco meses depois, Zhu Min diz que existe "uma espécie de estabilização em relação à queda abrupta" dos mercados, "mas a verdadeira crise económica acaba de começar".

Os comentários de Zhu Min surgem depois de o índice norte-americano S&P 500 ter valorizado mais de 50% desde os mínimos de Março, uma subida que fez com que os preços das acções estejam muito acima dos lucros anunciados pelas empresas. "

E agora a questão... porque é que o S&P500 valorizou o que valorizou, se o rácio de Insider Selling (venda de títulos por parte dos administradores das empresas) está a valores elevadissímos, que aliás, desde que é acompanhado este rácio nunca esteve tão alto. Quem anda a manipular o mercado? Vou colocar um gráfico onde se verifica que o capital que é destinado ao Quantitative Easing está a ser usado para especular nos mercados novamente e com isso pagar os tais bónus famosos. Nada foi resolvido, está a ser feito tudo novamente mas com mais intensidade.

Fazer a mesma coisa e esperar resultados diferentes... ou talvez esperem os mesmos resultados, já que com a crise alguns lucram biliões.
Só tenho curiosidade numa coisa, quando isto tudo correr mal novamente será que o sector produtivo vai doar mais dinheiro para a caridade do estado ou os vai mandar dar uma curva?


0 Comentários: