O mercado falhou?

É interessante que a maioria dos comentadores e especialistas (nem vou perder tempo com os políticos) que aparecem nos nossos meios de comunicação não apresenta uma explicação minimamente coerente para as causas da corrente crise nem para como podemos dela sair.

A explicação mais corrente é que o mercado falhou. Não se sabe muito bem como nem porque, mas o que interessa é que falhou, toda a gente sabe que falhou, e pronto.

Foram demasiado longe na desregulamentação e deram demasiada liberdade aos mercados financeiros, isso foi a causa da crise, dizem outros. Como explicam então que mesmo nos EUA, considerados como o farol do capitalismo e dos mercados livres, um números infindável de regulamentações, dezenas de órgãos reguladores e fiscalizadores, já para não falar do FED, que também fiscaliza os bancos, e determina um dos preços mais importantes da economia (a taxa de juro de referência). Isto é que é um mercado desregulado? Um mercado livre?

Se o culpado não existe, como pode ser culpado?

Para sair da crise também é fácil, segundo o que é possível perceber pelos seus comentários. Basta os estados investirem fortemente e impor mais regulação e fiscalização nos mercados financeiros. Resumindo: mais estado e menos liberdade individual!

Artigo interessante do Professor César das Neves que toca neste tema.

0 Comentários: