Economia da República das Bananas Parte I - Boom & Bust

Na República das Bananas (que o Pedro fala aqui), a crise também teve um grande impacto, mas nem tudo acabou por correr mal...
Inicialmente houve um período de boom, em que, devido ao crédito barato concedido pelo banco central (injectado para combater a crise anterior), se criaram plantações até nos sítios mais remotos e inacessíveis, e onde as terras claramente não eram tão boas. Durante algum tempo parecia que a prosperidade duraria para sempre e que os problemas do passado estavam totalmente ultrapassados.
No entanto, a produção de bananas subiu a um nível insustentável dadas as necessidades de consumo da República e as possibilidades de exportação. O preço das bananas caiu a pique, levando os produtores mais ineficientes à falência, quando as receitas deixaram de conseguir pagar os custos de produção, os salários dos trabalhadores e os empréstimos que tinham sido contraídos.
E assim se deu o inicio da crise... À medida que mais produtores iam falindo, o desemprego ia aumentando, o consumo de bananas caía fortemente e os bancos iam tendo cada vez mais problemas de liquidez... (continua)

0 Comentários: